Quando se perde o direito do Seguro Desemprego

O Seguro Desemprego é um benefício que garante ao trabalhador uma salário durante o período em que estiver desempregado. Este benefício é um direito do trabalhador garantido constitucionalmente e pode ser pago em até cinco parcelas, dependendo do número de meses trabalhado com carteira assinada até a data da demissão.

O direito do seguro desemprego pode ser perdido em alguns casos. O pagamento do benefício para o trabalhador pode ser suspenso ou até mesmo cancelado, dependendo de algumas situações. A suspensão do pagamento das parcelas do benefício, acontece quando:

  • admissão do trabalhador em novo emprego;
  • início de percepção de benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto o auxílio-acidente e a pensão por morte;

Se o trabalhador é admitido em um novo emprego, tem o pagamento suspenso e não recebe o valor integral do benefício. O restante das parcelas do seguro não recebidas, poderão ser pagas se o trabalhador for demitido sem justa causa e tenha direito em receber novamente o benefício.

perder direito ao seguro desemprego

O benefício também poderá ser cancelado nos seguintes situações:

  • pela recusa, por parte do trabalhador desempregado, de outro emprego condizente com sua qualificação e remuneração anterior;
  • por comprovação de falsidade na prestação das informações necessárias à habilitação;
  • por comprovação de fraude visando à percepção indevida do benefício do Seguro-Desemprego;
  • por morte do segurado.

11 comentários em “Quando se perde o direito do Seguro Desemprego”

  1. eu trabalhei registrado e eu teria o direito no seguro de desemprego!!! tenho um cadastro de micro-empreendedor.. eu não trabalho mais por conta mais eu pago o inss individual.. por isso o ministerio do trabalho percebeu e acha que eu tenho outra renda.. eu fico indignado.. se eu tivesse outra renda eu não estaria trabalhando registrado!! enquanto isso um monte de ladrão de politicos come todos os nossos impostos… to fazendo um curso de vigilante e não tenho como pagar…

  2. meu esposo foi contratado no dia 27 de abril de 2015 e a parcela do seguro desemprego dele é no dia 09 de maio ele sacar essa parcela ainda ???

  3. Abri uma firma e há legalizei porém não dei entrada na junta comercial, ou seja a firma está parada e eu já dei entrada no seguro tenho risco de não receber?

  4. eu dei a entrada no seguro so que nao recebi nem parcela estou sem trabalhar e meu seguro esta bloqueado gostaria de saber o que eu posso fazer estou desesperado ja tenho filho pequeno e estou dependendo desse seguro

  5. Boa tarde tava pra da entrada no seguro sendo que fui contratado por outra empresa e asinado a minha carteira. Não cheguei a da entrada no seguro só que com 20 dias fui despesado da empresa que fui contratado eu ainda posso da entrada no seguro

  6. Prezados, bom dia.

    Trabalhei em uma empresa de 03/11/2009 a 12/07/2015, demitido sem justa causa. Comecei a trabalhar em uma empresa no dia 06/07/2015 sendo desligado em 03/09/2015, desligado com motivo de afastamento EXTINÇÃO NORMAL DO CONTRATO DE TRABALHO POR PRAZO DETERMINADO.
    Como devo proceder para dar entrada no seguro desemprego?
    Posso perder direito ao seguro desemprego?
    A empresa não me forneceu o formulário SD.

    Desde já agradeço vossa orientação.

    Att.,

    Magno Baiense

  7. Dei entrada no seguro desemprego. ..ainda não recebi nem a primeira. Mas assinaram minha carteira de trabalho hoje…e não me adaptei ao novo emprego. Eu perdi o meu seguro? ??

  8. bom dia trabalhei a quase dois anos em uma empresa fui demitido recebi a primeira parcela do seguro e nao consegui receber mais pois estava constando que estava registrado em um empresa que nunca trabalhei e nem tenho na carteira por isso meu seguro foi cortado quero saber o que faço com essa situaçao

Deixe um comentário